O Presidente Jair Bolsonaro exonerou da Secretaria Especial do Esporte (ex-Ministério do Esporte agora vinculado ao Ministério da Cidadania) o general Marco Aurélio Costa Vieira. A publicação do ato de exoneração está no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 18/04.

Segundo a Agência Estado, o motivo da saída do general Marco Aurélio do cargo tem a ver com a  intenção do governo de colocar à frente da pasta João Manoel Santos Souza, do Maranhão, ligado ao grupo do senador José Sarney.

Santos Souza é filho do ex-senador João Alberto, que preside o MDB maranhense, mesmo partido do Ministro da Cidadania Osmar Terra, único nome do MDB atualmente na Esplanada.

A substituição, segundo a Agência Estado, faz parte do esforço do governo de expandir sua base política no Congresso com vistas à aprovação da Reforma da Previdência.

Fonte: Portal A/Z e MSN Notícias

COMENTÁRIOS