O Secretário Municipal de Administração, André Bahia (Deca), autorizou a instauração de uma Tomada de Contas para apurar responsabilidades no caso de uma aquisição de mobiliário para o Teatro Escola Marlice Margarida Ferreira da Cunha, em 2005, que foi paga mas o material não foi entregue.

O caso aconteceu no governo Rogério do Salão na gestão de Carlos Albino Pires de Andrade na Secretaria Municipal de Educação.

A Tomada de Contas, que é um instrumento de auditoria para apurar causa de perda, extravio ou outra irregularidade que resulte em dano aos recursos financeiros do poder público, foi instaurada pela Portaria 032/SEMAD/2019, publicada no DOQ 488 de 14/01/2019, e ratificada por despacho do Prefeito publicado no DOQ 494 DE 22/01/2019, na seção ‘Despachos do Prefeito’ (página 6).

 

COMENTÁRIOS