Uma das grandes novidades dos últimos anos no Brasil, a fabricação de bicicleta de bambu, chega a Queimados neste mês de janeiro de 2019 por iniciativa do Coletivo Pedala Queimados, no formato de um curso intensivo com 72 horas de duração.

O Curso de Construção de Bicicleta de Bambu, ministrado pelo precursor dessa nova modalidade ciclística no Brasil, o professor gaúcho Klaus Volkman, será realizado em 9 (nove) dias ininterruptos, de 19 a 27 de janeiro, das 10 às 18 horas, na sala de aula e oficinas do Portal Cultural, na Av. Alcindo Bulhões Paes, 415, no centro de Queimados.

O curso oferecerá 12 (doze) vagas totalmente gratuitas para jovens do conjunto residencial Valdariosa (Minha Casa Minha Vida) e de outros bairros da periferia, vinculados ao projeto ‘Pedalando para o Futuro’, mais 4 (quatro) vagas para outros interessados, moradores de Queimados, a R$ 500,00, e outras 4 (quatro) vagas a R$ 1.000,00 (um mil reais) para empreendedores e bikeapaixonados de fora do município.

Professor Klaus Volkman vem de Porto Alegre, RS, para dar o curso em Queimados.

O dinheiro arrecadado com as matrículas pagas será totalmente utilizado para financiar o translado, estadia e a remuneração do professor, que vem de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, especialmente para essa missão, e para cobrir os custos de matéria prima, ferramentas e peças para as bicicletas. Parte do custo está sendo financiada pelo próprio Coletivo Pedala Queimados com o prêmio de € 1.500,00 (mil e quinhentos) euros recebido da Embaixada Holandesa de Ciclismo, durante o encontro internacional denominado Velocity, realizado em junho de 2018 no Rio de Janeiro.

Carlos Greenbike recebeu, em nome do Coletivo Pedala Queimados, a doação de € 1.500,00 (mil e quinhentos) euros da Embaixada Holandesa de Ciclismo.

As bicicletas produzidas durante o curso serão utilizadas no sistema local de bicicletas compartilhadas que vem sendo implementado pelo projeto ‘Pedalando para o futuro’, e deverá ser implantado em Queimados até o final deste ano.

Ainda há vagas para o curso. É uma oportunidade rara. Os valores da matrícula, de R$ 500,00 para moradores de Queimados e R$ 1.000,00 para bikeapaixonados de outras cidades, podem ser pagos no cartão de crédito em até 12 vezes.

Faça agora a sua inscrição pelo telefone (21)964798428, com Carlos Greenbike.

As bicicletas de bambu são muito resistentes. ‘Dulicinéia’, a mais famosa bicicleta de bambu do mundo, percorreu mais de 27.000 quilômetros em 26 países, pilotada pelo cicloativista Ricardo Martins Batista. Ricardo, que hoje pedala uma nova versão da ‘Dulcinéia’, doou a ‘Dulcinéia’ original para o  coordenador do Coletivo ‘Pedala Queimados’, Carlos Greenbike.

As duas versões de ‘Dulcinéia’ foram fabricadas pelo professor Klaus Volkman.

Para conhecer as instigantes e emocionantes aventuras de Ricardo Martins com a bike de bambu dê uma olhada na fanpage ‘Roda Mundo – Bamboo Trip‘.

Revista especializada conta as aventuras do cicloativista Ricardo Martins pela África e Europa.

‘Dulcinéia’ rodou 26 país, mais de 27.000 quilômetros, e enfrentou até a neve.

‘Dulcinéia’ virou atração pra garotada.
Todo mundo quer dar uma voltinha na ‘Dulcinéia’.
Léia não sossegou enquanto não montou na ‘Dulcinéia’

PUBLICIDADE LOCAL

COMENTÁRIOS