O suplente de vereador do PPS Joylde Alves Moreira, o Joilde Pirikito, foi exonerado da Secretaria Municipal de Urbanismo a contar desta terça-feira, 08/01/2019, enquanto o vereador José Carlos Leal Nogueira, o Cacau, deixa a Câmara para reassumir a Secretaria Municipal do Ambiente e Defesa dos Animais.

As portarias com essas decisões do Prefeito Carlos Vilela estão publicadas na página 2 do DOQ nº 483, de segunda-eira, 07/01/2018.

O arquiteto e ex-Secretário André Bianche, responde agora interinamente pela Secretaria Municipal de Urbanismo. As fontes oficiais da Prefeitura não revelam os motivos da exoneração de Joilde.

Já a substituição de Cacau na cadeira do MDB na Câmara Municipal de Queimados por enquanto é um incógnita.

Pela ordem natural das coisas o substituto de Cacau neste momento seria o 3º suplente da Coligação “Queimados Crescendo sem Parar”, formada pelo antigo PMDB e pelo PT do B, Paulo Barata, visto que o primeiro suplente, João Pedro Lemos, ocupa atualmente o cargo de Secretário Municipal de de Habitação, e o segundo suplente, Carlos Roberto Moraes, o Careca, ocupa a cadeira de vereador na vaga deixada por Davi Brasil, que dirige a Secretaria Municipal de Defesa Civil.

Mas, como Paulo Barata tornou-se um desafeto do grupo político que comanda o governo e a posse do suplente na cadeira vaga, por força do Artigo 107 do Regimento Interno, somente acontecerá na sessão ordinária de 19/02/2019, a primeira após o fim do recesso, alguma manobra poderá ser feita para evitar que ele assuma a vaga deixada por Cacau.

Até lá, o governo pode, retornar João Pedro ou Davi Brasil para a Câmara.

Outra hipótese, menos provável mas não descartável, seria o realinhamento de Paulo Barata com o grupo político que comanda o governo municipal.

Mas isso só vamos saber em 19 de fevereiro.

Veja o que diz o Art. 107 do Regimento Interno da Câmara Municipal de Queimados:

“Art. 107 – Ocorrendo vaga em qualquer das hipóteses previstas nas seções II, III, IV e V deste Capítulo (1), o presidente declarará a existência de vaga na primeira sessão ordinária após a ocorrência, e convocará o suplente que terá o mesmo prazo estipulado no artigo que dispõe de prazo estabelecido neste Regimento para assumir o mandato”.

(1) -  Dentre as hipóteses previstas está a de vaga decorrente de "...investidura nos 
cargos ou funções previstos e permitidos na alínea 'c' do inciso I do Art. 47 d Lei 
Orgânica de Queimados (2) e nos demais casos elencados no Art. 49 da LOM".

(2) - A LOM permite ao vereador a investidura em cargo de 'Secretário de Estado, 
Secretário Municipal, Diretor ou equivalente."

PUBLICIDADE LOCAL

COMENTÁRIOS