Equipes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, coordenadas pelo Delegado André Cavalcante, prenderam, na manhã de hoje em flagrante(*), pelo crime de estupro e homicídio, Leonardo Silva dos Santos, 28 anos,  por ter participado diretamente do estupro e morte de Beatriz Araújo Cunha, de 19 anos, ocorrido na madrugada desta sexta-feira, 11/01/19, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense.

A investigação evidenciou que Leonardo teria estado com a vítima em um bar, momentos antes do crime, e, após deixarem o local juntos, forçou BEATRIZ a manter relação sexual e, em seguida, asfixiou-a com um fio de carregador de celular, em um terreno baldio.

Leonardo Silva dos Santos já havia sido condenado por estupro a 10 anos de reclusão e estava em liberdade desde abril de 2018.

(*) - De acordo com a jurisprudência, o flagrante é considerado até 6 a 8 horas após 
o crime, tempo razoável para haver a colheita de provas sobre quem é o autor e iniciar 
a perseguição. Tempo e lugar próximos da infração penal.

PUBLICIDADE LOCAL

COMENTÁRIOS