A Polícia prendeu na manhã desta terça-feira, 29/01, em São Paulo, dois engenheiros que prestaram serviços à Vale e atestaram a segurança da barragem que rompeu em Brumadinho (MG). Os nomes não foram revelados.

Segundo informações preliminares, foram expedidos diversos mandados de busca e apreensão pela Justiça Federal em Belo Horizonte e pelo Juiz da Comarca de Brumadinho para serem cumpridos na sede da Vale, em Nova Lima-MG, e em empresas de São Paulo que prestaram serviços para a Vale.

As autoridades suspeitam que os laudos técnicos feitos por empresas contratadas pela mineradora Vale, que atestavam a segurança da barragem, foram fraudados.

PUBLICIDADE LOCAL

COMENTÁRIOS