Ronaldo Maratonista entre dois amigos, na 93ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre em 2017

Pelo quarto ano consecutivo, o queimadense Ronaldo Maratonista estará participando da Corrida Internacional de São Silvestre, que acontece na manhã desta segunda-feira, 31/12, pelas ruas da capital paulista.

Ronaldo viajou no sábado pela manhã e está desde então num hotel no centro da São Paulo concentrado para fazer bonito na disputa. Embora com 49 anos de idade, Ronaldo tem percorrido os 15 quilômetros da disputa com tempo médio de uma hora e 12 minutos, o que lhe garante, na largada, posicionar-se no grupo da frente, no setor verde, a cerca de 50 metros dos corredores que costumeiramente disputam as primeiras posições, num tempo em geral entre quarenta e oito e cinquenta minutos.

Ronaldo não recebe qualquer apoio governamental e nem empresarial para levar o nome de Queimados na São Silvestre, ele arca com todas as despesas. “É tudo com o meu suor…Sou um apaixonado pela São Silvestre. Ao longo do ano vou juntando um dinheirinho sempre que posso para no final do ano fazer essa graça…”, diz o atleta queimadense.

A partir das 08:20 da manhã desta segunda-feira estará sendo realizada pelas ruas de São Paulo a 94ª Corrida Internacional de São Silvestre, com largada e chegada na Avenida Paulista. O primeiro grupo a largar, às 08:20 é formado por cadeirantes; às 08:40 larga a elite feminina e às 09:00 a elite masculina, grupo do qual faz parte o queimadense Ronaldo Maratonista

Nos últimos oito anos somente um brasileiro, Marilson dos Santos, venceu a prova masculina, em 2010. De lá pra cá foram sete vitórias africanas: 04 etíopes e 03 quenianas. Já na disputa feminina nenhuma brasileira vence desde a vitória de Lucélia Peres, em 2006. Nas últimas oito disputas as vencedoras são todas também africanas: 06 (seis) quenianas e 02 (duas) etíopes.

A inscrição para a São Silvestre custa R$ 200,00. Os corredores recebem um kit com uma camiseta e protetor solar e a cada 2 ou 3 quilômetros são abastecidos com líquido (água, coca-cola ou gatorade) e frutas (banana e maçã). A corrida tem reunido em torno de 30.000 corredores. Os dez primeiros colocados seja na prova masculina seja na masculina recebem prêmios em dinheiro.

PUBLICIDADE LOCAL

COMENTÁRIOS