Uma equipe da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense fará nesta quinta-feira, 27/12, a partir das 19:30, a reconstituição das cenas do crime ocorrido no domingo 21/10, na altura do km 399 da Rodovia Rio-Santos, em Itaguaí, próximo ao Posto da Polícia Rodoviária Federal, que tirou a vida da jovem Luana Santos de 25 anos, moradora de Anchieta, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Luana voltava da praia de Coroa Grande, com o marido e duas filhinhas, uma de dois meses e outra de dois anos, quando foram obrigados a parar na estrada para trocar um pneu que tinha furado. De repente, apareceu um homem numa bicicleta com uma faca na mão, exigindo que Luana lhe entregasse o celular. Ela estava com a bebê no colo e se atrapalhou um pouco para atender a ordem do bandido, que, sem piedade, lhe desferiu uma facada no peito, que atingiu o coração.

Luana ainda foi socorrida por policiais rodoviários, que estavam num posto da PRF próximo ao local do crime, mas não resistiu e veio a óbito. O bandido fugiu do local e até hoje não foi preso.

O viúvo de Luana vai participar da reprodução simulada do crime, nome técnico e correto do que ficou popularmente conhecido como reconstituição do crime ou das cenas do crime.

PUBLICIDADE LOCAL

COMENTÁRIOS