Depois de meses de especulações em torno do destino político do ex-prefeito e atual Secretário Municipal de Governo de Queimados, Max Lemos, cujo nome vinha sendo cogitado para as disputas a Deputado Federal, a vice-governador e até a governador do Estado, finalmente foi batido o martelo: ele vai disputar uma vaga na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

Nove anos e três meses depois de assumir o primeiro mandato como Prefeito, o agora Secretário Municipal Max Lemos fará uma despedida do governo em grande estilo nesta segunda, 02/04, às 18 horas, na Casa de Gondomar, onde reunirá um multidão de seguidores políticos, além de importantes parceiros para a nova jornada, como o Prefeito de Petrópolis., Bernardo Rossi, o Prefeito de Paraíba do Sul, Dr. Alessandro, e vereadores de vários municípios da Região Metropolitana.

Um fato decisivo para Max Lemos optar pela disputa de uma cadeira na ALERJ foi a desistência de seu parceiro político Rafael Picciani de disputar a reeleição para Deputado Estadual. Com o pai e um irmão cumprindo prisão preventiva na Lava Jato e, o outro irmão, o Ministro Leonardo Picciani se desincompatibilizando para disputar uma cadeira na Câmara Federal, sobrou pra Rafael assumir o comando dos negócios da família.

Fontes do grupo político de Max revelam que ele espera abocanhar parcela significativa do eleitorado de Rafael, o que, somado ao legado político que construiu em suas duas gestões à frente da Prefeitura de Queimados, poderá levá-lo a uma votação consagradora que o credenciará à disputa da Presidência da ALERJ. Mas o sonho mesmo de Max, segundo essas fontes, é  chegar um dia ao Palácio Guanabara. Até lá, tem muita água pra rolar.

Se Max conta com a parceria dos Piccianis para chegar à Alerj, os adversários acham exatamente o contrário, dizem que essa parceria poderá derrubá-lo; apostam que ele sofrerá um enorme desgaste por ter que carregar o nome de Leonardo Picciani para Deputado Federal, além do estigma de sua ligação umbilical com a família e com a legenda, o MDB, ex-PMDB, atualmente execrado nas pesquisas eleitorais.

A mudança de planos de Max, que antes se dizia possível candidato a Deputado Federal, embaralhou o cenário político da cidade, já que alguns vereadores da base aliada do governo municipal que tinham anunciado suas candidaturas para deputado estadual agora vão ter que rever suas pretensões pra não entrarem em rota de colisão com o ‘Chefe’, como é o caso da Dra. Fátima, do Tuninho do Vira Virou e do Paulinho Tudo a ver, entre outros.

O anúncio público e oficial da candidatura de Max Lemos à Assembléia Legislativa será feito na reunião da Casa de Gondomar.

A sorte está lançada… Façam suas apostas…

PUBLICIDADE LOCAL

COMENTÁRIOS